CANOAS: Andares abandonados do HU devem ser reativados até o final do ano

Da redação


FOTO: Derli Colomo Jr./ Divulgação PM Canoas


A Prefeitura de Canoas, em conjunto com Grupo de Apoio e Prevenção à Medicina (Gamp), deve trabalhar para reativar os dois andares atualmente fechados no Hospital Universitário (HU).

A previsão é que a reativação ocorra até o final deste ano. Segundo a Prefeitura, os dois andares juntos têm espaço físico suficiente para abrigar aproximadamente 180 leitos.

No mês passado, uma comitiva liderada pelo prefeito Luiz Carlos Busato (PTB), visitou o complexo de saúde, especificamente dois andares do prédio desativados.

Reunião cobra reabastecimento de hospitais de Canoas
A Secretaria Municipal de Saúde promoveu  reunião com o Gamp, que administra o HU e o Hospital de Pronto Socorro de Canoas (HPSC). Na ocasião, foi determinado ao administrador dos hospitais que tenha em seus estoques os insumos necessários para atender todo o tipo de demanda, inclusive nos feriados.


"Determinamos a realização de reuniões periódicas com diferentes setores do hospital, como emergência, bloco cirúrgico, UTI, com a participação da Secretaria e o Gamp, com o objetivo de fazer todo o fluxo de abastecimento de cada área, não permitindo mais o desabastecimento", explica a secretária Rosa Groenwald.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE