POLÍCIA: Pai é condenado a mais de 70 anos de prisão por estuprar as três filhas

Da redação

Um homem foi condenado a 70 anos e seis meses de prisão em Tupanciretã, por abusar das três filhas pelo período de quatro anos. Os crimes foram de estupro, estupro de vulnerável e atentado violento ao pudor.

De acordo com a denúncia, as meninas tinham entre 12 e 15 anos quando os abusos começaram dentro da própria casa da família. A mais velha inclusive engravidou duas vezes do próprio pai. O caso só foi descoberto quando a irmã mais velha relatou a situação ao irmão. À polícia, o homem negou as acusações.


Ele foi preso preventivamente em 2013, e exames de DNA comprovaram que ele engravidou a filha. A decisão foi em 1º grau e ainda cabe recurso.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE