CANOAS: Polícia descobre casa usada como cativeiro no Guajuviras durante operação contra sequestros

Da redação

FOTO: Polícia Civil/ Divulgação

Um menor de 17 anos foi apreendido no bairro Guajuviras, em Canoas, nesta quarta-feira (10). A ação fez parte da operação Coniuratio , que investiga crimes de extorsão mediante sequestro.

Pelo menos quatro sequestros foram investigados, um deles ocorrido em maio do ano passado. Na ocasião, a vítima, esposa de Fabrício Santos da Silva, apenado da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (Pasc), foi levada para um local em São Leopoldo, mas solta com o pagamento de R$ 940 mil.

Ao todo, a operação, que ocorreu também em Cerro Largo, cumpriu seis mandados de prisão preventiva e sete de busca e apreensão. Cinco pessoas foram presas.

O adolescente de 17 anos apreendido em Canoas foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos. Ele estava em uma residência no Guajuviras, onde a polícia suspeita que funcionava um cativeiro. A casa era equipada com janelas lacradas com concreto e chapas de aço. Câmeras de monitoramento instaladas no local foram apreendidas.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE