GRAVATAÍ: Fundação do Meio Ambiente decide suspender sacrifício de 300 animais no Pampas Safari

Da redação


FOTO: Divulgação/ Pampas Safari

A polêmica do abate de 300 cervos que se encontram no Pampas Safari, em Gravataí, ganhou um novo desdobramento. Os animais estariam contaminados por tuberculose. Por isso, o Ibama orientou que eles fossem sacrificados. No entanto, a Fundação do Meio Ambiente de Gravataí emitiu nota se manifestando contrária ao extermínio. Uma equipe comparece nesta tarde ao Pampas Safari para suspender a retirada de animais para o abate.

A Fundação critica a fiscalização do parque, visto que o problema com doenças é antigo e só agora foram comunicadas medidas. A entidade também cobra análise mais aprofundada dos casos de tuberculose e da possibilidade de demais patologias.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE