CANOAS: Investigação aponta que briga antiga pode ter sido a causa das mortes no bairro Niterói

Da redação
FOTO: Jaime Zanatta/GBC
A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Canoas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, está investigando a morte de dois homens no último domingo (3), no bairro Niterói. As vítimas foram identificadas como Gecílio Rodrigo Mesquita Montanha de 33 anos e Mário Cristiano Montanha de 43.

Conforme informações da DHPP, o motivo das mortes foi uma briga dentro de um bar. Quando eles saíram, foram atingidos pelo atirador. Gecílio morreu com um tiro no abdômen dentro de um carro. Já Mário, chegou a ser socorrido e lavado para o HPS, mas não resistiu aos ferimentos.

FOTO: Redes Sociais/Reprodução
Em depoimento para a polícia, a companheira do dono do bar, relatou o que viu na noite do crime. Segundo ela, os dois começaram a ameaçar e discutir o proprietário do estabelecimento. “Fiquei com medo e me tranquei no banheiro. Não escutei barulho de tiro”, conta.

Durante o depoimento, ela também contou que as brigas entre eles já vinham acontecendo desde o mês de março. “Não lembro muito do que aconteceu domingo”, relata.

Testemunhas relataram para a Polícia Civil, que o dono da lanchonete saiu a pé e nunca mais foi visto. Porém, conforme os agentes, não é possível afirmar que ele tenha sido o autor dos disparos. Mas, mesmo assim, o seu depoimento é aguardado.


Nenhuma das vítimas e nem o dono do estabelecimento tinham antecedentes criminais.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE