INSEGURANÇA EM CANOAS: DPPA volta a registrar superlotação e número de presos passa dos 50 nesta sexta

Da redação


FOTO: Divulgação/ OAB

A Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Canoas registra superlotação nesta sexta-feira (08). Além das celas tradicionais do local, os presos aguardam por vagas no sistema prisional na sala de triagem e até no pátio. São mais de 50 detidos, segundo a Polícia Civil.

Policiais militares que poderiam estar em suas funções normais, no patrulhamento da cidade, acabam tendo que exercer atividades do mundo carcerário, deixando de atender aos bairros. Nesta sexta-feira, um homem foi preso pela Brigada Militar após tentativa de roubo no movimentado calçadão de Canoas.

Além da necessidade de custodiar presos, os PMs, juntamente com agentes civis e demais integrantes dos órgãos estaduais, estão precisando conviver com mais um parcelamento de salários do Palácio Piratini.

A DPPA de Canoas é a que geralmente registra maior número de apenados aguardando por vagas na região. Em julho, chegou a 60 presos, acima do contabilizado em delegacias de outros municípios metropolitanos.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE