INVESTIGAÇÃO: Homem que matou a tiros e depois chutou a ex-companheira tem prisão preventiva decretada

Da redação

FOTO: Divulgação

Já aguarda vaga no sistema prisional Eduardo de Medeiros Aguiar, 44 anos, apontado como autor da morte de Rosane Mioranca Carrão, 38, ocorrida na última quarta-feira (13) em Taquara, no Vale do Paranhana. De acordo com a Polícia Civil, ele está detido na Delegacia de Pronto Atendimento da cidade.

Embora ainda seja aguardado o laudo pericial da morte da mulher, a Civil não tem dúvidas sobre a autoria. Aguiar deverá responder por feminicídio, motivado por motivo banal.

Ele matou a ex-companheira, com quem se relacionou por 22 anos e teve três filhos. A filha de 16 anos presenciou o assassinato da mãe, quando ela saía do ateliê de calçados, onde trabalhava. Rosane foi atingida por pelo menos quatro disparos e ainda foi chutada pelo autor dos disparos. Na sequência, foi preso em flagrante pela Brigada Militar.

Conforme a Polícia Civil, ele questionou os policiais acerca do óbito da ex-mulher. Após receber resposta afirmativa, comemorou.

Três dias antes, a mulher procurou a Polícia para registrar ocorrência de que foi ofendida pelo homem, via mensagem por celular. A Justiça entendeu que não haviam elementos suficientes para conceder medidas protetivas à solicitante.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE