VIAMÃO: Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de matar companheira na frente do filho por ciúmes

Da redação

FOTO: Polícia Civil/ Divulgação

A Justiça decretou a prisão preventiva do principal suspeito de Pâmela Natasha Alves Santos, 25 anos, na terça-feira, em Viamão. De acordo com a Polícia Civil, o crime teria sido motivado por ciúmes.

Ela havia sido morta na frente do filho de três anos. Conforme a polícia, corpo da vítima apresentava sinais de tortura.

Pâmela mantinha relacionamento com o suspeito, mesmo quando ele estava no Presídio Central. Na sexta-feira passada, ele foi encaminhado ao Instituto Pio Buck.

Se não se apresentar até segunda-feira no Pio Buck, o suspeito será considerado foragido. Ele tem passagens por tentativa de homicídio, roubo e receptação.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE