VIOLÊNCIA SEM LIMITES: Vigilante morre após ser baleado em estação de tratamento da Corsan

Da redação

FOTO: Divulgação/ Bira Costa
Um homem de 62 anos morreu após ser baleado na noite deste sábado (09), em Tapes. Ele trabalhava como vigilante na Estação de Tratamento de Esgoto da Corsan, quando foi atingido com um tiro no tórax.

De acordo com relatos, a vítima estaria sozinha em uma guarita, antes de ser baleada por criminosos. O vigilante foi encontrado já sem vida por colegas que estranharam a ausência dele no posto de trabalho.

Nenhum comentário

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE